O Camões – Centro Português de Cooperação em Angola selecionou, no âmbito do concurso ao Fundo de Pequenos Projetos, seis propostas que visam contribuir para minimizar necessidades nos setores da Saúde e Educação com enfoque no impacto da pandemia da COVID-19.

Foram recebidas 31 propostas provenientes de todo o país, sendo que as seis candidaturas selecionadas têm intervenções previstas em Luanda, Benguela e Lunda Sul. O referido concurso decorreu entre 23 de outubro de 2020 e 6 de novembro de 2020.

As iniciativas selecionadas são referentes tanto ao apoio de projetos já em curso, tendo em vista o reforço de uma determinada componente que tenha impacto no cômputo geral do projeto, como também relativas à constituição de novos projetos, num valor máximo de cofinanciamento, por cada projeto selecionado, de 3.500.000,00 AKZ (três milhões e quinhentos mil kwanzas).

No conjunto dos projetos já em curso a serem apoiados, entre as candidaturas selecionadas constam duas propostas:

  • Acesso e Ensino de Qualidade no Bairro Rocha Pinto em contexto de COVID-19”, implementado pela Congregação das Servas de Nossa Senhora de Fátima na Escola do 1º Ciclo do Ensino Secundário Luiza Andaluz (Luanda) que, com este apoio, irá beneficiar do apetrechamento de seis novas salas de aulas e de maior capacidade de canalizar recursos para a prevenção da COVID-19;
  • Todos para Todos!”, implementado pelo Volontariato Internazionale per lo Sviluppo (VIS), sendo uma ação integrada para fortalecimento da intervenção sanitária em comunidades do distrito do Rangel (Luanda), no âmbito da saúde materno-infantil, na ótica de prevenção da COVID-19 e das suas consequências em grupos vulneráveis, em particular crianças até 6 anos de idade; com este apoio será reforçada a assistência técnica e a capacidade de prevenção da COVID-19.

Quanto a novos projetos, foram selecionadas 4 propostas a serem cofinanciadas pelo Fundo de Pequenos Projetos:

  • STOP COVID-19”, a executar pelo Grupo de Amizade em Angola, com o objetivo de reforçar as medidas de biossegurança no "Centro Médico de Nutrição Nossa Senhora da Boa Nova” (Viana, Luanda) e no Hospital Divina Providência (Kilamba Kiaxi, Luanda);
  • InfluenciArte: capacitando jovens sobre saúde através de artistas locais”, a executar pela Join Angola, com o objetivo de capacitar artistas locais com conhecimentos sobre a COVID-19 e DST’s, na província de Benguela, por forma a que sejam pontos de referência nas suas comunidades para promoção de campanhas sobre a COVID-19 e saúde sexual;
  • Programa de Capacitação à Fabricação de Sabão e Álcool Gel, a executar pela Okulongisa, com o objetivo de capacitar jovens no fabrico de sabão e álcool, que trabalham em três centros de acolhimento de crianças em Luanda (Lar da Nazaré, Centro de Acolhimento Mamã Muxima e Centro de Acolhimento Mamã Madalena);
  • COM ELA”, a executar pela Mwana Pwo, com o objetivo de reduzir o elevado índice de exclusão de adolescentes grávidas, em contexto escolar, intensificado pela COVID-19, em cinco escolas do 1º ciclo do município de Saurimo (Lunda Sul).

O Fundo de Pequenos Projetos, disponibilizado pelo Camões – Centro Português da Cooperação, visa minimizar necessidades no domínio social (Saúde e Educação, em particular) identificadas por atores da sociedade civil que, pelo seu cariz e pequena dimensão em termos orçamentais, não sejam consideradas para outro tipo de apoios institucionalizados no quadro da Cooperação Portuguesa ou de outros parceiros de desenvolvimento.

  • Partilhe